traceability
Rastreabilidade
Conheça a origem do seu café

SELO DE RASTREABILIDADE: informações da origem, história e qualidade do café da sua xícara

Seja muito bem-vindo (a). Acomode-se em seu assento para começarmos a viagem. Viagem? Isso mesmo, com apenas um clique você irá direto para a fazenda onde este café foi produzido, conhecerá o produtor e sua história, verá fotos da lavoura e todas as informações de controle de qualidade.

A Gold Cafés surgiu no mercado em 2007, com revenda exclusiva de café torrados, buscando fomentar o consumo de café expresso em sua cidade, Maceió. A empresa sempre prezou pela qualidade e diferenciação de seus cafés. Em busca da diversidade de seus grãos iniciou em 2009, sua própria torrefação de cafés, visando uma maior qualidade e padronização de suas torras, na qual iniciou também uma diversidade de grãos de várias regiões do país, sendo torrada e excepcionada quase de maneira artesanal, priorizando a qualidade e satisfação de seus consumidores. A Gold Cafés vem se qualificando e se modernizando dentro das normas e padrões exigidos pelo mercado. Em 2009 iniciou a produção de cafés especiais e certificados, porém o mercado teve uma resistência de aceitabilidade ao custo do produto. No ano de 2012, o mercado iniciou a procura de cafés diferenciados, sendo, este, o foco principal de nossa empresa, Gold cafés, que já tinha disponibilidade destes produtos desde o final de 2009.

INFORMAÇÕES DO LOTE

Selo de Rastreabilidade

Fazenda

FLORESTA

Mantiqueira de Minas

Cidade:
Cachoeira de Minas - MG

Variedade:
Mundo Novo

Processo:
Natural

Safra:
2021/2022

Pontuação:
84,5 pts

Peneira:
Moca

Análise Sensorial:
Doce de leite, pêssego, frutado, equilibrado, doce, limpo.

Torrado e preparado por Gold Cafés Especiais

HISTÓRIA DO PRODUTOR

O patriarca da família Joham Rennow de Franca nasceu na Prússia, foi capitão médico do 1º Regimento de Cavalaria do Exército do Rei Frederico Guilherme da Prússia.

Em 1817 com 27 anos foi desligado da vida militar com passaporte visado pelo consulado do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algares. Veio para o Brasil pelo navio “Nesthunus” de bandeira Holandesa.

Chega primeiro ao Rio de Janeiro e depois em Curitiba onde se instalou pois  era uma região de terras férteis.

Em agosto de 1820 casou-se com Ana Joaquina Ferreira e em 1824 mudou-se para o arraial de Boa Vista do Sapucaí, nossa atual Itajubá. O médico prussiano transformou-se em fazendeiro brasileiro.

Foi patriarca de muitos filhos sendo que do mais velho João Francisco procede o ramo que se fixou em Santa Rita do Sapucaí.

Antônio Palma Rennó (Toniquinho) era filho de Cel. João Francisco Rennó e de D. Maria Virgínia Palma Rennó. Fez as primeiras letras com o mestre escola da fazenda. Trabalhava com seus irmãos na propriedade formando uma firma “Rennó e Filhos”. Em 1918  uma forte geada arrasou os cafezais do Sul de Minas atingindo sua propriedade . A permanência e o trabalho inteligente daqueles  irmãos  e seu pai aliados as grandes safras subseqüentes, reergueram em pouco tempo a Fazenda Rennó de tal modo que foi possível a aquisição de novas propriedades que foram distribuídas entre os filhos a medida que eles se casavam.

Com a morte de Cel. João Francisco Rennó, seus filhos dividiram a fazenda cabendo ao Antônio Palma Rennó (Toniquinho) a Fazenda Renó por onde passava a “Estrada de Ferro Sapucaí” depois denominada Rede Sul Mineira sendo a estação denominada Estação Renó – local onde se embarcavam gado, porcos etc.

A região prosperou com a nova estação.

Foi aberto um armazém para atender a colônia de empregados além de outras fazendas.  A escola foi ampliada, construiu uma capela e em campo de futebol. Foi fundada uma banda de música com o auxílio de um dentista que era versado no assunto. Era uma verdadeira vila movimentada e alegre.

Suas terras se estendiam até a sede da Fazenda Renó transpassando as serras que iam dar na Fazenda Floresta e estendendo pelo Pouso D’ant – eram cerca de 1.200 alqueires.

Antônio Palma Rennó (Toniquinho) casou-se com Alzira Portugal. Faleceu muito jovem com 57 anos. Teve 4 filhos: Maria da Conceição Portugal  Rennó, João Portugal Rennó (falecido ainda criança) Iracy Portugal Rennó e José Portugal  Rennó. Alguns anos após sua morte a fazenda foi dividida para seus filhos.

Coube a Maria Conceição Rennó a Fazenda Floresta no município de Cachoeira de Minas e a Fazenda Santa Rita no município de Santa Rita do Sapucaí.

Maria Conceição Rennó Moreira nasceu em 25 de Abril de 1912. Casou-se com Luiz Moreira da Costa, com quem teve duas filhas: Wanda Maria Rennó Moreira e Marilena Rennó Moreira 

Seu marido Luiz Moreira da Costa faleceu em 06 de Abril de 1969. 

Em 1976 houve aquisição de uma outra fazenda denominada Fazenda Boa Vista no município de Pouso Alegre. As  fazenda foram divididas entre as filhas.

 Wanda Maria Rennó Moreira Carvalho casou-se com José Luiz Bueno de Carvalho – natural de São Gonçalo do Sapucaí/MG e ficou com as fazendas Floresta e Santa Rita.

Tiveram três filhos: Carlos Henrique Moreira Carvalho, Suely Moreira Carvalho e Susi Moreira Carvalho.

Com a morte de José Luiz Bueno de Carvalho em 1978 a fazenda foi divida entre Wanda e seus filhos que optando por manter as origens permanecem juntos até hoje. As fazendas são administradas pelo Carlos Henrique M. Carvalho.

As fazendas são produtoras de café e leite.

Fique por dentro das novidades da Gold Cafés Especiais